Câncer de Pâncreas

 

 

O pâncreas é um órgão glandular que se localiza horizontalmente atrás do estômago e anteriormente a coluna.


Mede aproximadamente 20 cm de comprimento por cerca de 5 a 6 de altura. Possui diversas conecxoes de vasos e veias o que o torna um órgão extremamente irrigado e de difícil acesso.


Dentre as suas funções esta a de produzir enzimas digestivas e hormônios que regulam os níveis de açúcar no sangue como a insulina. Produz também o hormônio contra-regulador chamado glucagon alem de inúmeros hormônios relacionados com o metabolismo do açúcar.


Por tratar-se de um órgão com anatomia muito complexa é muito importante que o médico especialista esteja habituado a realizar procedimentos cirúrgicos neste órgão em seu dia a dia.


O câncer de pâncreas apresenta alta taxa de mortalidade, por conta do diagnóstico tardio e de seu comportamento agressivo. No Brasil, é responsável por cerca de 2% de todos os tipos de câncer diagnosticados e por 4% do total de mortes por essa doença. Este tipo de câncer pode levar muitos anos para crescer e quando os primeiros sintomas da doença aparecem geralmente ele já esta avançado.


Infelizmente o câncer de pâncreas é uma doença muito agressiva e mesmo com as técnicas cirúrgica modernas e medicamentos de ponta, a sobrevida nos melhores centros em 5 anos ainda é baixa. Para obtermos melhores resultados a médio e longo prazo é imperativo o diagnóstico precoce, a realização de exames de abdômen de rotina e sem dúvida alguma a escolha de um médico com experiência em cirurgia pancreática e hepática além de conhecimento em técnicas cirúrgicas minimamente invasivas.


Fatores de risco


Os fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de pâncreas são:


- tabagismo

- dieta rica em gordura animal

- ingestão excessiva de carne vermelha, leite e derivados

- dieta pobre em fibras, frutas e vegetais

- indivíduos com 2 ou mais parentes de 1º grau com câncer de pâncreas

- Exposição intensa a determinados produtos químicos (pesticidas, corantes e produtos químicos relacionados com a gasolina


Sintomas do Câncer de Pâncreas


Este câncer costuma ser assintomático durante um período, até que o seu crescimento gradual obstrua o fluxo das secreções pancreáticas ou da bile até ao duodeno, alterando a função do órgão, ou então que invada as estruturas adjacentes.


Os sintomas mais frequentes são a dor no abdome superior com frequente irradiação para as costas, perda de peso, falta de apetite e icterícia, nos tumores da cabeça do pâncreas que comprimem as vias biliares.


De acordo com a localização do câncer de pâncreas pode haver uma variabilidade enorme em relação aos sintomas. Tumores na cauda do pâncreas são mais silenciosos enquanto que tumores localizados na cabeça do pâncreas apresentam sintomas mais precocemente.


Especialidades: